Aprenda um pouco mais sobre o PIX

O que é PIX?

 

O PIX é um meio de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central Brasileiro e no dia 05 de outubro de 2020 o PIX começou a ser disponibilizado por alguns bancos a fim de testes. E, no dia 16 de novembro de 2020 chegava de forma oficial o programa que facilitaria a vida de muitos brasileiros.

De acordo com o Banco Central as principais vantagens do PIX são: aumentar a competitividade do mercado; baixar os custos de transações; promover a eletronização do mercado de pagamentos entre outros benefícios.

Essa eletronização dos pagamentos, por exemplo, contribui para a diminuição do uso de cédulas que possuem em si um custo mais alto.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam a palavra PIX não é abreviação de nada e sim o nome da tecnologia de transação que foi baseada na palavra pixel para dar um ar de algo tecnológico.

 

PIX, TED ou DOC?

Aprenda um pouco mais sobre o PIX

Antes do PIX quem quisesse realizar transferências entre contas de um mesmo banco ou de bancos diferentes tinham a disposição os TEDs (Transferência Eletrônica Disponível) ou DOCs (Documento de Ordem de Crédito). Essas formas de transferência possuem altos custos para o usuário. Com o PIX, os custos de transferência para pessoas físicas é zero, um dos fatores que contribuiu para sua aceitação em geral.

 

Quem pode usar o PIX?

 

O único requisito para uma pessoa usar o PIX é possuir um desses tipos de conta: conta corrente, conta poupança ou conta de pagamentos. A instituição em que esta conta está precisa ter aderido ao PIX.

 

O que é chave PIX?

PIX

A chave PIX é a forma mais simples de identificar sua conta, cada conta possui uma chave que é basicamente um código para identificar cada conta de forma simples.

Usando a chave PIX a pessoa que deseja realizar uma transferência bancária não precisará preencher dados como banco, número da agência, número da conta e etc.

Existem cinco tipos de chave PIX: o número do CPF, o número do CNPJ, o e-mail, o número de telefone e uma chave que pode ser gerada automaticamente para cada transferência.

Caso você tenha mais de uma conta que lhe permita realizar transferência via PIX as chaves não poderão ser iguais. Ou seja, caso você possua uma conta que a chave seja o número do seu CPF, você não poderá ter outra conta com a chave sendo seu número de CPF.

 

O que é o PIX saque?

 

É possível sacar dinheiro utilizando o PIX, esse serviço está disponível nos estabelecimentos identificados com PIX Saque. Por exemplo: uma pessoa vai em um supermercado que aceita o Pix Saque. Ele faz um pix de R$ 50,00 para o supermercado, mesmo não tendo realizado compras. Esse estabelecimento entrega os R$ 50,00 em espécie para a pessoa.

 

O que é o PIX troco?

PIX

No Pix troco a pessoa realiza um compra de, por exemplo, R$ 25,00. Na hora de escolher a forma de pagamento, ele paga com pix, enviando uma transferência de R$ 30,00. O estabelecimento dá o troco de R$ 5,00 em espécie para a pessoa.

Importante: Tanto o Pix Saque quanto o Pix Troco ainda estão sendo implementados e não são todos os estabelecimentos que os aceitam. Dessa forma, sempre confira antes as opções de pagamento. Além disso, eles são limitados até R$ 500,00 durante o dia e R$ 100,00 durante a noite. Além disso, cada estabelecimento também poderá adotar seus próprios limites, dentro dos limites definidos pelo BC.

 

PIX é internacional?

 

Até o momento desse artigo a tecnologia PIX só funciona de forma oficial em território brasileiro. Mas, segundo o Banco Central a planos de expandir a tecnologia para outros países de forma oficial ainda em 2022.

 

PIX é seguro?

Aprenda um pouco mais sobre o PIX

Bom, em teoria o meio de pagamentos via PIX é sim seguro. Todas as transações são realizadas de maneira criptografada dentro da Rede do Sistema Financeiro Nacional.

O maior risco está no próprio usuário que pode cair em algum golpe. Infelizmente, muitos golpes utilizando o pix se tornaram comuns e até sequestros relâmpagos.

Para aumentar a segurança, o mais importante é usar senhas tanto em celulares quanto em aplicativos dos bancos. E, também, colocar notificação em caso de transação.

 

Limites de transação no PIX

 

Devido ao aumento dos sequestros relâmpagos com o objetivo de utilizar o pix para retirar o dinheiro das vítimas, os bancos optaram por criar limites de transação do pix durante os fins de semana. Também é possível determinar seus próprios limites afim de evitar perdas caso você seja vítima de algum criminoso.

Como realizar uma transferência com PIX?

EDUCAÇÃO FINANCEIRA HOJE

Para realizar uma transferência com PIX é simples.

1 – Abra o aplicativo do seu banco.

2 – Clique na opção PIX.

3 – Clique na opção transferir.

4 – Adicione o valor da transferência.

5 – Adicione a chave PIX do destinatário (o destinatário tem que lhe informar a chave).

6 – Confira os dados.

7 – Adicione sua senha para confirmar a transação.

Alguns etapas podem variar conforme o aplicativo de seus bancos.

Depois desses passos o destinatário irá receber o dinheiro em até 10 segundos. Algumas transações podem demorar mais que isso devido a velocidade da troca de dados.

E você o que acha do PIX? Deixe nos comentários a sua opinião!

 

Escreva seu e-mail para sempre ficar por dentro das novidades!

 

Educação Financeira Hoje

 

Site parceiro de avaliação de produtos: Dica Sincera

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Go to top